Meus Poemas-28.


0

FIGUEIRA.

A figueira plantada estava,
Junto à beira do caminho,
O Mestre procurou sozinho,
O fruto que tanto desejava.

Folhas verdes somente,
Foi apenas o que encontrou,
A árvore que amaldiçoou,
Secou-se imediatamente.

Pelo tempo figos ainda não,
Creio que o Mestre quis dizer,
Que os frutos tem de haver,
Quer no Inverno ou Verão.
Por: António Jesus Batalha.

SONHO.

Um pardal que saltitava,
De ramo em ramo.
Entoando lindas canções,
Ao ouvi-lo indagava:
De onde vem a cada dia
suas porções?
Em seu piar replicava,
Olhando para cima.

Olhei o campo de orvalho,
Como um manto de manhã.
Flores lindas!
Ricas como um troféu,
Perguntei:
Onde acharam elas,
Estas lindas cores de romãs?
Mas a cintilar, responderam:
Olhando para o céu.

Vi rosas com seus espinhos,
Azuis, amarelas e brancas,
Com suas pétalas brilhantes,
Que para o céu se aprumavam,
Com suas cores cintilantes,
Como um tesouro;
Lindas!
Como elas brilhavam!

Vi um lindo rouxinol,
Que entoava cantos seus,
Lindos sons.
Como sinfonias celestiais,
Perguntei:
Onde encontraste,
os lindos madrigrais?
Achei-os meu amigo,
Olhando para Deus.

Nas árvores, nas flores,
Nos bosques nas lianas,
Nos corações surdos,
Aos Mandos Seus,
Em toda a roda.
Das mansões humanas,
Eu vejo a vida, a erguer-se,
E alar-se para Deus.

Como elas brilhavam!
Vi um lindo rouxinol,
Que entoava cantos seus,
Lindos sons.
Como sinfonias celestiais,
Perguntei:
Onde encontraste,
os lindos madrigrais?
Achei os meu amigo,
Olhando para Deus.

Nas árvores, nas flores,
Nos bosques nas lianas,
Nos corações surdos,
Aos Mandos Seus,
Em toda a roda.
Das mansões humanas,
Eu vejo a vida, a erguer-se,
E alar-se para Deus.
Por: António Jesus Batalha.

0

O CALOR.

A lareira que acesa,
Emana o seu calor,
Queimando a incerteza,
Da força do Teu amor.

A lenha que ardida,
produzindo aquecimento,
É como força na vida,
Num vero arrependimento.

O fogo que é provador,
Do material resistente,
Prova o verdadeiro amor,
Presente em toda a gente.

O fogo é como o amor,
Que precisa ser ateado,
Se vem a faltar o calor,
Alguém foi descuidado.
Por: António Jesus Batalha.

DETERMINAÇÃO.

Senhor! Aquela determinação imperiosa,
Que não conhece, jamais uma derrota,
Semeia na minha alma!
Abrir-se-á, qual plenitude eterna,
Aurifulgente rota,
Atapetada de rosas de bondade,
Se esta prece atenderes,
Benfeitor! Riquezas não verei maiores,
E da alegria, no coro triunfal,
Cantarei, afinal,
E cumprirei com perfeição,
A missão gloriosa que me deste.
Por: António Jesus Batalha.

0

À SOMBRA.

Debaixo da sombra do Freixo,
Quero desabafar contigo,
São verdades! Não me queixo,
Ouve apenas se és meu amigo,
O que de mim de melhor te deixo,
Pois o pior na cruz lancei,
Por isso quero que digas,
Somente o que eu te direi,
Deixa em Cristo tuas fadigas,
Pois foi nEle que eu as deixei,
Faz do mal viver isento,
Da tua vida uma verdade,
Corre pra Cristo como o vento,
Goza a plena liberdade,
E num real contentamento,
Verás a Verdade que te deixo,
Quando desabafei contigo,
Naquela sombra do Freixo.
Por: António Jesus Batalha.

A Verdade Em Poesia, António Batalha, Bíblia Sagrada, Ciência, Desporto, Deus,Jesus Cristo,

Sobre osbatalhas

Um poeta peregrino
Esta entrada foi publicada em Meus Poemas-28., Poemas com as etiquetas , , , , , , . ligação permanente.

2 respostas a Meus Poemas-28.

  1. Uma poesia mais linda do que a outra, parabéns, pela inspiração. Alma de poeta é assim as palavras deslizam nas letras. Lindo. Parabéns.

    Gostar

  2. Olá, irmão Antônio!
    Tudo bem?
    Desculpa a demora pra responder.
    Obrigado pelo elogio!
    Sou seguidor de seu blog.
    Desculpe em perguntar, mas os seus seguidores estão zangados consigo, ou não gostam dos poemas?
    Eu li os três poemas e os achei bem lindos.
    Deus te abençoe, irmão!
    Abraço!

    Gostar

Obrigado e volte sempre.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s